E-mail marketing para afiliados

Neste texto, iremos falar de uma das armas mais poderosas que a comunicação digital tem a seu favor: o e-mail marketing. Iremos focar, em especial, em maneiras de elaborá-los, proporcionando sucesso e retorno financeiro às estratégias de programas de afiliados.

O que são programas de afiliados?

Trata-se de uma prática, que exige um custo de investimento relativamente baixo, quando comparado às mídias tradicionais.

Por definição, o marketing de afiliados acontece quando uma empresa anuncia seu produto ou serviço em espaços publicitários, disponibilizados em sites de outras marcas ou mesmo de pessoas físicas.

Os afiliados, no caso, são os que alugam esse espaço em suas páginas, blogs ou mesmo em redes sociais.

O valor recebido pelos afiliados é uma porcentagem acordada previamente, calculada em cima da renda gerada ao anunciante, por meio dos anúncios veiculados em seu site.

Essa estratégia vem sendo bastante utilizada no Brasil. Além de ser rentável tanto para os anunciantes quando para os afiliados, é uma maneira de estabelecer parcerias amigáveis e duradouras.

Os programas de afiliados são ainda um modo de obter renda, mesmo trabalhando de casa. É o caso de quem possui um blog com bastante tráfego e artigos relevantes e, de modo inteligente, investe na prática de alugar espaços publicitários.

O que são e-mails marketing?

Os e-mails marketing são uma das mais tradicionais maneiras de divulgar um produto ou serviço ou de estabelecer um relacionamento com o público alvo, via internet. Também podem ser chamados de newsletters.

Em suma, são mensagens enviada via correio eletrônico, com o objetivo de divulgar lojas virtuais ou físicas. São indicados ainda para a promoção de eventos, como lançamento de novos produtos.

 

Leia também: E-mail marketing para anunciantes, por onde começar?

 

A importância da newsletter pode ser explicada por alguns aspectos, como o fato de quase todo mundo possuir ao menos uma conta de e-mail.

 

E-mail Marketing Afiliado

 

Ainda que muitos e-mails marketing sejam descartadas sem sequer terem sido abertos pelo destinatário – falaremos sobre como evitar isso à frente -, cerca de 80% de quem as recebe, efetua algum tipo de compra via internet.

Diante dessas estatísticas, é totalmente indicado utilizar essa ferramenta a favor do marketing de afiliados.

As funções do e-mail marketing voltado para afiliados

Primeiramente, é importante lembrar que, dentro do marketing digital, todas as estratégias têm como objetivo final elevar o número de vendas. Mesmo o foco é estabelecer um relacionamento afetivo entre marca e os clientes, a meta é potencializar lucros, ainda que a longo prazo.

Neste ponto é que se encaixa o uso de e-mails marketing com os programas de afiliados. As newsletters não devem ser vistas pelas empresas somente como uma maneira de auto divulgar-se.

Elas também servem como um chamariz para promover os produtos e serviços de outras marcas, que possuam algum link entre si. Essa solução é também efetiva para quem se dedica à blogs.

A partir do momento que uma pessoa escreve conteúdos relevantes ou aposta criação de e-books como isca digital, basta inserir uma barra para o cadastro de e-mail dos visitantes. Assim, é possível montar uma base de contatos e, na sequência, disparar e-mails marketing de afiliados, de acordo com interesse do seu público alvo.

Como criar e-mails marketing para afiliados eficientes

Não tente vender tudo para todo mundo:

Especialistas em e-mails marketing para afiliados dão essa dica valiosa, principalmente para quem investe em programas de afiliados.

De nada adianta disparar e-mails marketing sem segmentação de público. Em especial hoje, os clientes desejam ser tratados de maneira pessoal, dando atenção somente aos produtos e serviços que, de fato, suprem suas necessidades.

Portanto, é importante prezar pela divulgação produtos de afiliados alinhados com a expectativa do seu target. Cabe mencionar que comunicação digital não é uma ciência exata.

O próprio e-mail marketing pode servir de termômetro. Conforme o número de cliques e de vendas que uma mensagem impulsiona, é possível verificar quais produtos e serviços são mais populares diante da sua base de contatos.

Não ofereça produtos. Ofereça soluções:

Você já deve ter apagado aquela mensagem que chegou a sua caixa de entrada, sabe Deus como, oferecendo de cara, uma coisa da qual você sequer necessitava. Ou ao menos não necessitava naquele momento.

O problema de muitos e-mails marketing é estarem abertamente focados na venda, batendo na tecla do preço ou das clichês “ofertas imperdíveis”. Ao invés disso, é indicado tentar uma maneira de prender a atenção do leitor, oferecendo a ele algo de valor real.

Principalmente em programas de afiliados, é fundamental que uma mensagem possua um bom título, direto, salientando os benefícios que determinado produto ou serviço traz a quem o adquire ou contrata.

O conteúdo deve estar condizente com a proposta. Já que você começou falando sobre soluções no assunto do e-mail, utilize uma redação coesa, acompanhada de imagens coerentes. Explique quais são as utilidades de um produto a quem o adquirir.

A partir do momento que o leitor se sente seduzido pela ideia de ter um problema resolvido, são maiores as chances dele dar um clique no link do anunciante e efetuar uma compra, contribuindo com o seu lucro no programa de afiliados.

Ofereça iscas digitais de valor:

Dica ideal para quem usa o seu blog em programas de afiliados, e que complementando o item anterior.

Ofereça e-books e outros conteúdos de valor via e-mail marketing. Não tem nada mais decepcionante que cadastrar o seu endereço eletrônico em uma página, e receber depois, algo que não está à altura das expectativas.

Por esse motivo, é fundamental disponibilizar conteúdos atualizados e de qualidade a sua base de contatos. Além de aumentar seus lucros no programa de afiliados, irá fortalecer sua imagem no ambiente digital.

Ofereça bônus:

Aqui, dois passos são fundamentais: Primeiro, escolha produtos relacionados a sua marca, em programas de afiliados. E em segundo, siga todos os passos anteriores!

Por exemplo, se sua marca trabalha com cursos online, por que não estabelecer parcerias com quem também investe nessa área.

Encontre maneiras de utilizar o seu e-mail marketing para oferecer bônus relevantes ao público-alvo. Ofereça um curso de inglês e, como bônus, a matrícula no curso de espanhol do seu parceiro.

Essa prática é mais comum no exterior, e tem garantido um bom retorno para quem faz parte de programas de afiliados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *