Como monitorar seu desempenho no marketing digital

O mercado digital é muito concorrido. Há milhares de sites, blogs e páginas em redes sociais. Em meio a grande quantidade de páginas concorrentes, as equipes de marketing digital precisam medir seu desempenho.

Garantir o primeiro lugar nos ranking é primordial. Vincular campanhas que tenham um conteúdo relevante é essencial. Não apenas para monitorar, mas também para medir os resultados das campanhas, a equipe de marketing precisa utilizar ferramentas importantes.

Existem diversos softwares e ferramentas que mensuram as campanhas. Além de gerencia ligações recebidas, com o sistema de Call Tracking é possível mensurar campanhas de marketing e monitorar o time de vendas.

Para quem está mergulhando no universo do marketing digital e não sabe qual é a melhor maneira de monitorar o desempenho, buscamos apresentar algumas dicas. Confira:

 

Melhores Métricas para Utilizar

Para obter resultados satisfatórios é preciso desenvolver uma boa campanha. Mas para entender se as ações de marketing digital estão surtindo efeito positivo é preciso mensurá-las por meio de métricas.

Para monitorar o desempenho das campanhas de marketing é necessário dispor de métricas confiáveis. Existem diversas softwares e ferramentas online que auxiliam no monitoramento das campanhas. Identificar a usabilidade do site, mensurar o retorno sobre o investimento e as taxas de venda, são algumas das análises que essas ferramentas disponibilizam.

Confira as melhores métricas que podem ser utilizadas para monitorar o desempenho no marketing digital:

Taxa de Conversão: quantidade de vendas que foram convertidas a partir de uma ação de marketing específica.

Taxa de Rejeição: identifica a usabilidade do site, ou seja, quantos usuários estão acessando o site e o abandonando logo na primeira página.

Cálculo de ROI: mensura o quanto os investimentos em estratégias de marketing digital estão oferecendo de retorno.

 

Ferramentas que Ajudam a Mensurar os Resultados

Além do monitoramento é possível mensurar os resultados por meio de algumas ferramentas online. Veja quais são as principais ferramentas que ajudam a mensurar os resultados e auxilia o usuário a monitorar o desempenho no marketing digital:

Google Trends: ajuda a descobrir as principais tendências nas pesquisas de usuários em relação a assuntos específicos ou palavras-chave.

Adservers: ferramenta de medição de campanhas, que ajuda a gerir campanhas online, medir os seus resultados de forma minuciosa, permitindo que o usuário verifique qual campanha teve mais cliques, quais os formatos de campanha que chamaram mais a atenção, quais converteram mais leads e assim, entre outras informações.

Google Analytics: permite que o usuário tenha acesso a relatórios completos de medição de acessos em um determinado site, podendo analisar quais foram as páginas mais acessadas, por quanto tempo os usuários permaneceram em cada página, quais páginas têm a maior taxa de rejeição e quais têm a maior taxa de interesse, entre outras informações.

Facebook Insights: fornece informações relevantes a respeito do alcance das publicações de uma página.

 

Call Tracking para Mensurar Resultado de Ligações

Não apenas mensuração do desempenho das campanhas online, para o marketing digital também é importante mensurar os resultados de conversão das ações de marketing em ligações. Esse sistema possibilita:

Mensurar as campanhas: análise de campanhas, anotações, ligações por anúncio, marcadores e etiquetas, registro de chamadas, volume de ligações e whisper.

Monitorar as ligações: alerta de ligação perdida, alerta de ligação perdida por sms e bloqueador de números.

Gerenciar os atendentes: gravação das ligações, mensagem de saudação, destinos variáveis, painel de consumo e painel de indicadores.

Analisar o desempenho: horário de pico, ligações perdidas, ligações recebidas, oportunidades e volume de ligações.

Gerenciar: gerenciador de atendentes, gestão de múltiplos pontos de venda, gestão de usuários e permissões, indicadores por unidade, ligações por unidade, painel de consumo e relatórios gerenciais.

Monitore seu desempenho no marketing digital e obtenha os melhores resultados!

Técnicas de endomarketing para usar em sua empresa!

técnicas de endomarketing

Endomarketing é uma das mais novas áreas da gestão que procura adaptar estratégias e elementos do marketing tradicional. Normalmente utilizado por empresas para abordagens ao mercado para uso no ambiente interno das organizações. Por isso, as técnicas de endomarketing são fundamentais para qualquer empresa!

 

 

 

Quem nunca ouviu dizer que “antes de conseguir vender aos seus clientes um produto, as empresas precisam de convencer os seus funcionários a comprá-lo”?

Leia também:

Entenda o que é marketing de emboscada

5 dicas para ganhar mais com Google Adsense

 

O Endomarketing surge como elemento de ligação entre o cliente, o produto e o colaborador. E “vender” um produto, uma ideia, um posicionamento de marketing para o funcionário passa a ser tão importante quanto para o cliente.

Significa torná-lo aliado no negócio, responsável pelo sucesso da organização e igualmente preocupado com o seu desempenho. Os principais objetivos do endomarketing são:

  • Dar agilidade e facilitar todo o processo de comunicação, troca e compartilhamento de informações para construir um relacionamento aberto com o público interno. Com isso, tornando claros e transparentes os objetivos da organização, alinhando e consolidando as relações entre as lideranças do negócio e os funcionários, assim como entre departamentos e áreas da empresa.

 

Técnicas de endomarketing, por que usar em sua empresa?

 

O termo endomarketing foi criado pelo professor e consultor brasileiro Saul Faingaus Bekin. Este, foi o precursor no uso desse conceito no sentido de marketing voltado para dentro: uma ação interna da empresa que visa manter os funcionários bem informados e integrados.

 

 

 

Muitos também chamam o endomarketing de marketing interno. Como Kotler, que diz: “As técnicas de marketing interno devem preceder o marketing externo”.

Bases das técnicas de endomarketing

 

A relação entre funcionário e empresa está cada vez mais buscando alternativas para a satisfação em atingir objetivos e metas, procurando um relacionamento produtivo, saudável e duradouro. Promovendo assim um ambiente de confiança, transparência e de boa comunicação. O endomarketing está diretamente ligado ao novo conceito de administração estratégica.

Para um processo de Endomarketing correr bem, o administrador tem como maior preocupação promover diversas formas de motivação, satisfação e participação no ambiente de trabalho. Tudo isso, com a finalidade de fazer com que os colaboradores adaptem-se à cultura organizacional.

Isso vai fazer com que eles atinjam seus objetivos, por isso a comunicação se torna algo indispensável na empresa.

 

Nunca é demais lembrar que uma empresa são as pessoas que trabalham nela. Por isso, ao investir em ações  e técnicas de endomarketing, você investe nos seus colaboradores. Investe nas relações que tem com eles, demonstra que leva o dialogo a sério.

Com isso, o colaborador entende que está preocupado com o ambiente de trabalho, com as tarefas realizadas, com o compartilhamento de conquistas. Enfim, você demonstra que se importa e assim fica mais fácil estimular seus colaboradores a fortalecerem os laços com sua empresa, e se engajarem.

Para atender bem o cliente a empresa precisa primeiro atender bem a equipe. Internalizar o conceito de “cliente” nos processos da empresa é fundamental. Isso, para se conseguir a melhora na qualidade dos serviços e produtos oferecidos ao mercado. Através do aumento da produtividade pessoal de cada funcionário e dos processos internos como um todo.

 

Técnicas de endomarketing para você usar

 

Como todo tipo de marketing é necessário que haja um planejamento de iniciativas. Isso, para delimitar objetivos a serem alcançados para que não se perca o foco. A sugestão inicial é que se inicie com um diagnostico da condições internas da organização. Detectar pontos de melhoria, pois é a partir  desta analise que objetivos da estratégia podem ser traçados com maior segurança e eficiência.

Após a realização da pesquisa e compilação de dados, é hora de analisar essas informações e elaborar um plano de ação. Em seguida, defina estratégias que podem ir desde programas motivacionais a treinamentos e mudanças de setor.

Podem ser incluídos no “pacote” benefícios como flexibilidade de horário, convênios com estabelecimentos e academias, prêmios e programas de reconhecimento, entre outras opções. O segredo é identificar o que falta para estimular o engajamento do funcionário e oferecer dentro das possibilidades da empresa. Isso vai fidelizá-lo, assim como é feito com clientes.

 

 

Estratégia de comunicação, sua marca tem uma?

estratégia de comunicação

A comunicação é sem dúvida uma das principais ferramentas de empresas que desejam alcançar o sucesso. Por essa razão, é essencial ter uma estratégica de comunicação bem elaborada e de acordo com a realidade do seu negócio. De uma maneira muito simples, todas as maneiras que a empresa se utiliza para expor os seus produtos e serviços é importante. Para isso, é importante que tenham como objetivo conquistar novos clientes pode ser chamada de estratégia de comunicação.

Toda empresa precisa ter a sua própria estratégia de comunicação, pensada especialmente para atender a realidade de cada companhia. Visto que esse conjunto de ações devem trabalhar em busca de um único objetivo, implementar ações que contribuam de maneira positiva para o sucesso da empresa.

 

Como criar uma estratégia de comunicação de sucesso

 

Para elaborar uma estratégia de comunicação que seja realmente eficaz para a sua empresa, é necessário seguir algumas etapas essenciais. São elas que vão definir o quanto essa estratégia será vencedora, e ao mesmo tempo atenda as necessidades da sua empresa. Os principais passos são:

  1. Diagnóstico

É muito importante que a estratégia de comunicação seja pensada em cima de um diagnóstico prévio. Para isso é fundamental analisar tudo o que pode interferir na sua empresa, sejam os fatores externos como os internos. Isso vale para estrutura da empresa, o mercado que ela está inserida, o perfil dos seus clientes, concorrência, produtos, distribuição, vendas, publicidade, etc.

  1. Definição dos alvos a serem atingidos

Essa é considerada uma das etapas mais importantes na hora de estabelecer as estratégias de marketing. Nesse momento é necessário levar em consideração os clientes em potencial, os iniciadores, e também os influenciadores. Também é fundamental definir a segmentação, junto com a dimensão dos alvos e metas a serem atingidas. Sendo que para isso é necessário levar em consideração fatores como os sociais, demográficos, econômicos, estilos de vida, entre outros. Um fator interessante é o SEO para marketing digital. Ele trás inúmeras possibilidades para sua marca!

  1. Estabeleça muito bem as suas metas e objetivos

É através da análise dessas metas que o empreendedor saberá se as suas estratégias estão dando o resultado desejado, ou não. Sendo que esses objetivos precisam ser coerentes com o objetivo da companhia como um todo. A estratégia de comunicação é mais uma ferramenta para fazer com que a empresa cresça, e por essa razão precisa seguir uma certa linha de atuação.

 

Leia também: A importância de gerar conteúdo de qualidade!

 

  1. Saiba quais ferramentas poderão ser usadas

Dentro da estratégia de marketing existem diversas ferramentas que poderão ser utilizadas, e isso vai depender do orçamento que a empresa dispõe. Além disso, seus objetivos de uma maneira geral também precisam ser levadas em conta.

As principais delas são: publicidade ou assessoria de comunicação, marketing direto, patrocínio, merchandising, promoção, relações públicas e forças de vendas. Cada uma dessas etapas acaba desempenhando um papel diferente dentro da empresa, sempre visando o sucesso dos produtos e serviços.

  1. Orçamento

Assim como outras áreas dentro da companhia, a estratégia de comunicação também depende de recursos para ser implantada. Portanto, na hora de escolher as ferramentas necessárias para conseguir fazer com que a empresa tenha sucesso é fundamental saber qual o orçamento total disponível para isso.

 

estratégia de comunicação

 

  1. Invista em uma estratégia criativa e um plano de mídia

Nesse momento é definido qual a mensagem que a empresa deseja divulgar, juntamente com os meios que ela irá utilizar para isso, na maioria das vezes. Nesse momento é necessário o auxílio de uma agência de publicidade ou de comunicação. Mas no caso das pequenas e médias empresas, onde o orçamento é limitado, essas atitudes serão tomadas pelos próprios empresários.

  1. Controle, implemente e avalie as suas ações

Tudo dento da empresa precisa ser analisado, a fim de que se possa mensurar o resultado. Isso nos meios de comunicação é ainda mais fácil, visto que existem diversas maneiras de chegar a esses resultados. É importante lembrar sempre que uma boa estratégia de comunicação permite fazer com que os objetivos serão transformados em ações, que levam a conquista do sucesso.

Porque a minha empresa precisa de uma estratégia de comunicação?

O grande erro de vários novos empreendedores é agir sem antes planejar. Não é à toa que centenas de empresas fecham todos os dias por conta dessa falta de planejamento, e isso também vale para a estratégia de comunicação.

Ao lado de outros meios para tomar decisões, as estratégias de comunicação serve para guiar os empresários a seguirem a direção correta na hora de prospectar clientes e potenciais clientes. Imagine abrir uma loja de brinquedos e ninguém saber que ela existe naquele endereço? Muito provavelmente, o proprietário terá que fechar as portas por não conseguir manter as contas em dia. Sendo que ao investir em uma boa estratégia de comunicação, as pessoas passaram a conhecer aquele endereço, e a loja passará a ser uma outra opção de compra para aquelas pessoas. Aquele público-alvo, e como bem diz o ditado, “quem não é visto, não é lembrado”.

Aprenda com as grandes marcas

As marcas legendárias e tradicionais já sabem o quanto uma estratégia de comunicação faz bem para a imagem da companhia. Mesmo que você não tenha milhões para investir, é possível colher bons frutos desse empreendimento, podendo se espelhar justamente nessas empresas.

A propaganda acaba por reforçar a narrativa e a maneira como aquela empresa quer se posicionar diante do seu público-alvo. É como se ela funcionasse como um alto-falante gigante, pelo qual as ideias são transmitidas para os interessados, não existe uma fórmula mágica. Tudo precisa ser pensado e medido através de testes diversos.

O ponto em comum que essas grandes companhias possuem é ter uma narrativa que seja própria. Elas acabaram conquistando o imaginário das pessoas. Por exemplo, ao pensar em Nike, o slogan jus do it é associado automaticamente. Isso é o poder de uma estratégia de comunicação bem pensada e traçada. Além dela, é possível citar outras marcas importantes, mesmo que a sua empresa ainda não tenha atingido o nível global.

Dentro do nicho em que ela atua é perfeitamente possível criar medidas que levem ao sucesso da companhia, e sem dúvida ao seu crescimento, bastando apenas possuir as ferramentas certas.

 

Tem alguma dúvida? Entre em contato conosco!

 

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

Conheça a Meetup – a Rede social dos empreendedores

meetup

A sua paixão pelo empreendedorismo é antiga e já dava sinais ainda mesmo na adolescência, naqueles momentos em que era preciso organizar a turma para uma festinha social, uma excursão. Depois veio a faculdade, a necessidade de ganhar dinheiro rapidamente, os compromissos financeiros e você meio que foi deixando o empreendedorismo de lado, guardadinho na última gaveta do armário do escritório com um papel velho, para aquele momento da vida em que – de repente – surgisse uma ideia fenomenal, um inside do além, uma hora mais adequada.

Mas essa hora nunca chega e você, a cada dia que passa, se vê montando o próprio negócio, abrindo o próprio empreendimento, em uma portinha pequena talvez ou ainda em uma startup na internet.

Em meio a tantos pensamentos, você gostaria mesmo era de encontrar gente igual a você, futuros e prováveis empreendedores, gente com ideias novas de fazer coisas antigas de maneira diferente, pessoas que também gostam de empreender. Isto porque, ao conversar com outras pessoas iguais a você, com o mesmo desejo de empreender, talvez você conseguisse vislumbrar uma luz no final do túnel. Porém, onde, afinal encontrar essas pessoas? Será mesmo que existem?

Em cursos de empreendedorismo, você já tentou; mas nada diferenciado surgiu porque são cursos muito específicos. E, depois de um tempo, os colegas de cursos simplesmente vão cuidar das próprias vidas, se afastam, é assim com todo mundo.

Mas, e se você pudesse falar com pessoas que gostam de empreender ou já começaram a produção das próprias startups, sem nem mesmo precisar sair de casa, daí da tela do seu computador ou mesmo usando o seu aparelho de telefone celular? Se existisse uma maneira de agregar milhares de pessoas, dos mais variados locais, ao mesmo tempo, com um único objetivo, o de empreender? Seria algo simplesmente mágico né. E solucionaria, de vez, a sua necessidade de trocar ideias com gente igual a você. Gostou? Achou impossível?

 

A mágica de encontrar pessoas com interesses iguais aos seus

 

Pois saiba você que esta mágica já existe e se chama Meetup, que nada mais é do que uma rede social, com sede física nos Estados Unidos, que desenvolveu os mais diversos aplicativos específicos compatíveis até para muitos aparelhos celulares, afim de unir pessoas com objetivos igualmente específicos. No caso do empreendedorismo, com a Meetup, é possível juntar milhares de pessoas do mundo inteiro justamente com o objetivo de empreender, de melhorar os próprios negócios, de trocar ideias, de sugerir novidades. Então, se você gosta de empreendedorismo, conheça a Meetup – a rede social dos empreendedores.

Com a Meetup é possível encontrar e se reunir (online) com pessoas de diversas partes do mundo para as mais variadas finalidades. Pois a missão da Meetup é a de que juntas, as pessoas fazem as coisas de que mais gostam, ou de que mais necessitam, ou precisam, de maneira melhor. E isto serve – de acordo com esta rede social – para toda e qualquer atividade. Quem gosta, por exemplo, de cuidar de animais, se cadastra na Meetup e poderá encontrar pessoas que também gostam de cuidar de animais, acompanhar leis nacionais e internacionais de proteção aos animais, encontrar vídeos engraçados de animais em momentos de descontração, sugerir maneiras de melhor proteger animais maltratados, saber como se denuncia maus tratos com animais, verificar aconselhamento veterinário para os animais, entre outras funções e orientações.

 

Porque importante mesmo é o que você gosta de fazer

 

Para aqueles que gostam da prática da corrida também há, na Meetup, um aplicativo específico para juntar corredores de todo o mundo, sejam estes competidores em categoria profissional ou mesmo amadores. Lá, neste aplicativo, quem é corredor ou pretende aderir à prática ou mesmo gosta de acompanhar as notícias do mundo da corrida nos quatro cantos do planeta, conseguirá ficar muito bem informado e atualizado e fazer contatos com outros corredores. Dicas, por exemplo, de onde estão ocorrendo competições, pessoas que são iniciantes e estão insegurança ou orientações acerca de como começar a correr são algumas das possibilidades de informação de você – que gosta de corrida – encontrar no aplicativo específico para corrida da Meetup.

 

Leia também: marketing digital para empreendedores

 

Inicialmente, a Meetup surgiu para organizar reuniões executivas em grandes grupos. Mas, a ideia deu tão certo, que migrou aos poucos para outras áreas e serviços. Funciona hoje da seguinte maneira: quem é usuário, ou quer participar, digita a cidade em que mora e ainda um código postal, um endereço; e o aplicativo começa a procurar gente que mora ali por perto, gente que faz as mesmas coisas que você faz ou quer fazer.

 

meetup

 

Quando você entra no aplicativo, você também escolhe as atividades de que gostaria de participar: grupos de dança, aprender a cozinhar, eventos e dicas literárias, questões da carreira profissional, e por aí vai. Inúmeras são as especificidades do aplicativo. Para quem é membro, o serviço é gratuito. Mas, se você quer se tornar um organizador, criando um grupo específico, é necessário pagar uma taxa, que sai por aproximadamente R$25 reais no plano básico e varia dependendo da taxação do dólar. Nos grupos, é possível realizar as seguintes funções: organizar e programar reuniões, atribuir funções de liderança, monetizar grupos, acompanhar adesões, publicar pesquisas dos grupos, publicar fotografias de eventos destes grupos, entre outros.

Ninguém nasceu para viver só

E como o ser humano realmente não nasceu para ficar sozinho, estar entre pessoas com os mesmos interesses acaba por nos beneficiar de diversas maneiras: fazer amizades, relaxar, conferir dicas e informações, trocar experiências, melhor aproveitar a vida, ver como é realizada uma mesma prática (empreendedorismo, cuidar de animais, corrida, etc) nos mais variados locais do mundo, acompanhar as inovações desta atividades em outras localidades, estar presente – mesmo que online – entre seus companheiros no dia a dia deles e nas práticas deles, e quem sabe até, encontrar um novo amor para a sua vida.

Porque na verdade, o aplicativo e o método (redes sociais na internet que juntam pessoas com interesses afins nas mais diversas partes do mundo) pode até ser inovador, e é, mas o conceito é o mais antigo do planeta, e sempre dá e deu certo. Se baseia na ideia de que o ser humano precisa de companhia, de reciprocidade, de estar entre os seus, de familiaridade, de amizade. É a velha e boa e maravilhosa prática de fazer amigos. Mesmo que estes amigos sejam inicialmente (ou para sempre) virtuais. Porque ninguém por feito para ficar eternamente sozinho.

 

Tem alguma dúvida ou sugestão? Entre em contato conosco!

 

Conheça o tripé do Inbound Marketing: automação, digital e conteúdo

inbound-marketing

Quer saber como aumentar a visibilidade de sua marca e obter a melhor (e maior) fatia do mercado consumidor para você? A receita está no Inbound Marketing – um sistema de publicidade que investe em produção de conteúdo altamente especializado e relevante para um determinado público (no caso, o seu público-alvo, os consumidores que você desejar atingir), que, de tão significativo e necessário que este conteúdo se torna, ele passa a ser constante e frequentemente buscado por este público específico.

Ou seja, você não apenas oferece um produto e constantemente relata as qualidades desse produto; você mostra primeiramente o que o consumidor tanto deseja e o produto fica ali, embutido, é vendido com naturalidade, porque você – a sua marca, o seu produto – se fizeram necessários. Então, o consumidor é quem passa a ir atrás de você, e não o contrário.

 

Internet é a terra do Inbound marketing

 

No mercado, o Inbound marketing é conhecido por ser o elemento capaz de produzir um tipo de conteúdo exclusivo e de extrema relevância ao consumidor em cada determinado nicho.

Portanto, quem (a empresa, a marca) pratica este tipo de marketing costuma “viciar” os consumidores nos conteúdos gerados, o que faz com que o consumidor realmente acredita necessitar desse conteúdo, e necessitar – consequentemente – do produto e da marca que está por detrás deste conteúdo tão relevante e tão exclusivo.

Para criar todo esse imaginário, e fazer com que o consumidor simplesmente acredite que a vida dele ficou diferenciada ao consumir aquele determinado produto, o Inbound marketing é uma ferramenta publicitária que opera simultaneamente em três frentes – a automação de marketing, o marketing digital e o marketing de conteúdo. Quer compreender mais a respeito.

Então, vem com a gente, e conheça o tripé do Inbound marketing: automação de marketing, marketing digital e marketing de conteúdo; os pilares que – juntos – transformaram a sua marca em um sucesso de liderança.

Conteúdo de alto nível e que traz o cliente até você

O ponto de partida do Inbound marketing é a atração de gente, de público-alvo; ou seja, o aumento do tráfego do seu site na internet. E este instrumento de marketing geralmente faz isso utilizando-se de mecanismo de SEO, uma técnica de buscas internet por meio de navegadores de buscas que mostra às pessoas quais são os principais sites a respeito de um determinado assunto.

 

Na prática, grosso modo, as técnicas de buscas de SEO funcionam da seguinte maneira: você digita uma palavra qualquer no Google, o nome de um carro, por exemplo, e ali aparecem diversos sites. Mas porque, afinal, uns sites sempre estão (e estará) em primeiro lugar e outros estão lá em baixo?

 

Quer fazer um curso [email protected] sobre adwords para afiliados e produtores? Nós temos a solução!

 

De acordo com as técnicas de SEO, estudadas e elaboradas por programadores, isto ocorre porque os sites em evidência conseguem utilizar melhor a palavra chave em questão, a palavra que você pesquisou no Google.

Quando estes sites geram conteúdo, escrevem, eles fazem de maneira a destacar bastante, com frequência, a palavra chave. Ao passo que os outros, os sites que estão em último lugar no ranking de acessos costumam utilizar mal esta palavra chave. Por isso, aparecem lá embaixo. Então, na hora de produzir conteúdo, é preciso também pensar em como colocar as tais palavras chaves em um texto. E é por isso que quem produz conteúdo de uma maneira mais elaborada, seguindo as técnicas de buscas e ainda conseguindo fazer bons projetos textuais, acaba por se destacar na internet.

Em todos os lugares, ao mesmo tempo

Outro aspecto crucial do Inbound Marketing que o destaca em meio as outras formas de publicidade é o fato de ele – o Inbound Marketing – optar por atingir, ao mesmo tempo, diversas frentes publicitárias: blogs, podcasts, vídeos, eBooks, flyers, banners, posts, telemarketing, rádio, televisão, links patrocinados, compras de espaços publicitários em jornais e revistas, redes sociais, fidelização de clientes; com o foco prioritário nos tipos de publicidades feitos na internet.

 

tripé do inbound marketing

 

E como a internet está presente em todos os locais e lugares e praticamente tudo já está na internet, os conceitos de Inbound marketing estão, cada vez mais, adaptáveis, versáteis, modificáveis e acessíveis, para todo e qualquer ramo de empreendedorismo. Com etapas que conseguem envolver o consumidor, esta ferramenta transforma marcas em verdadeiros sucessos de liderança. E entre os pilares básicos para esta liderança estão as seguintes fases – atrair, converter, relacionar, vender e analisar.

Invista em conteúdo de qualidade e em marketing digital, o tripé do Inbound Marketing

Primeiramente, você precisa atrair clientes por meio de um site que tenha alta visibilidade. Para isso, como já orientamos, o conteúdo produzido e publicado precisa ser extremamente atrativo, interessante, prioritário, fundamental para a vida deste cliente. E sim, vale à pena, investir em geração de conteúdo de qualidade. Portanto, invista, você sairá lucrando.

Depois disso, da atração dos clientes, depois de o seu site ter se tornado visível e comentado e bem procurado na internet, você precisa converter estas visitas em vendas. Bons exemplos de como se fazer essa conversação seriam as criações de ofertas e de promoções de seus produtos em seu site. E isto gera vendas.

Agora, é necessário que você se relacione com este público, clientes e consumidores em potencial. E para isso o bom marketig digital,o email marketing, é uma das ferramentas que mais funciona. Nos últimos anos, o marketing digital se desenvolveu bastante e se aprimorou.

Portanto, não abra mão desta útil ferramenta. Ao contrário, opte por utiliza-la. Emails promocionais para o seu público-alvo podem ser uma boa saída para vender mais e melhor. Outra eficaz ferramenta do marketing digital é a newsletter, uma atrativa newsletter ainda continua (e sempre continuará) surgindo muito efeito na hora de mostrar sua marca ao seu consumidor.

Além de tantas qualidades, o Inbound marketing ainda traz o benefício de ser mais de 60% mais barato do que as outras formas de publicidade, porque ele não se preocupa em catar o cliente, em seduzi-lo; ao contrário, o Inbound se faz necessário na vida deste cliente.

Afinal, ao produzir conteúdo de qualidade e quase que único, o Inbound faz com que o cliente compreenda que realmente necessita daquele produto, então, este tipo de marketing acaba por fidelizar completamente o cliente que o procura.

 

5 exemplos de marketing de guerrilha

O marketing de guerrilha é uma estratégia utilizada pelas empresas com o intuito de, através de uma propaganda, impressionar o público que terá contato com ela. Os exemplos de marketing de guerrilha podem ser observados nos mais diversos espaços: em placas, um vídeo publicado na internet, folder entregue na rua ou no próprio produto adquirido. Isso porque esta estratégia de marketing é conhecida por passar uma mensagem ao consumidor que não será mais esquecida, de tão direto ao ponto que foi.

Porém, alguns cuidados devem ser cuidados para que o marketing de guerrilha, apesar de específico, não acabe sem resultados. Uma delas está justamente em conhecer o público para o qual se está esperando divulgar o produto. Quanto mais criterioso ele for, melhores deverão ser pensadas as estratégias utilizadas para convencê-lo de adquirir determinado produto. Criar um marketing de guerrilha totalmente diferente dos que já estão no mercado é outro ponto relevante, já que como chamam a atenção, dificilmente não são percebidos por alguém e se for elaborada uma espécie de cópia, grande parte dos consumidores perceberá e pode não adquirir o produto pela falta de originalidade.

Cuidar com o quanto as informações inseridas podem causar o envolvimento de emoções também deve ser pensado, já que apesar de este ser um objetivo deste tipo de marketing, exagerar pode não ser um ponto tão positivo assim, já que poderá fazer com que se passe uma informação equivocada sobre o produto ou a marca. Depois de se tomar cuidado com todos estes pontos, é necessário entender que os resultados precisam ser avaliados, já que de nada adianta concluir o processo apenas com a divulgação do marketing de guerrilha se não se sabe se ele realmente surtiu efeito para determinada parcela da população.

planejamento-marketing

Leia também: Nômade digital, entenda como funciona

Exemplos de marketing de guerrilha podem ser vistos onde?

Ao se pensar em cinco exemplos de marketing de guerrilha nos vem em mente marcas famosas, como é o caso da Coca-Cola, com as sua propagandas sempre muito chamativas e diretas e até algumas do ramo fast food. A partir destes exemplos, podemos contatar que tanto em um caso, como no outro, resultados são gerados. Isso porque, nem sempre é o sabor de cada um dos exemplos que leva à compra, mas muitas vezes, o fato da empresa ser tão conhecida assim, por conta do comercial de natal ou das imagens representativas que com o uso das cores e formas, nos permite querer adquiri os lanches, no caso dos itens comentados.

Além dos dois exemplos de marketing de guerrilha, temos ainda a opção de criação do produto de acordo com o seu formato. Isso significa que uma pessoa que goste muito de animais, já pode adquirir o acessório na forma do bicho ou com a sua imagem estampada. Esta estratégia criada pela empresa se torna um marketing de guerrilha porque automaticamente, quando a pessoa sair na rua com sua bolsa personalizada em forma de cachorro, por exemplo, deixará claro que aquele é um animal que gosta, sem precisar adicionar maiores informações, já que isto ficará visível.

Chamando a atenção dos clientes

Outra opção seria a elaboração, por parte da empresa, de objetos gigantes representando um dos produtos vendidos naquele espaço. Normalmente inserido em um local de grande visibilidade, algumas vezes inclusive na frente da loja física da instituição, o objeto costuma chamar a atenção por ser uma cópia perfeita do produto vendido, porém gigante. Empresas de diversos departamentos utilizam a estratégia por ela fazer com que aquele produto em questão, passe a ser conhecido ainda mais e adquira mais vendas do que o normal.

Como quinto exemplo de marketing de guerrilha, temos as empresas que para mostrarem as vantagens de seus produtos, produzem um conteúdo baseado em imagens do antes e o depois da utilização. Algumas, inclusive, conseguem elaborar estas campanhas com tanta perfeição, que ao observar esta estratégia o cliente acredita fielmente que com ele os resultados serão os mesmo. Este exemplo é de utilização muito comum por marcas de produtos para o cabelo e também que envolvem a estética, como a transformação do corpo após o uso de determinado produto. As imagens são conhecidas por proporcionar uma reação imediata ao consumidor, o que normalmente não ocorre com os textos. Isso porque o psicológico tende a ser influenciado por casos reais e mesmo que aquelas pessoas mostradas nas propagandas tenham sido adaptadas na forma digital, esta representação é tão perfeita, que faz com que o consumidor passe a acreditar no que vê.

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

Marketing e a geração Y, entenda as mudanças

No momento em que uma nova geração chega na idade plena do consumo, não é nada anormal ocorrer uma “revolução” no mercado. Em conclusão, são novas pessoas, que tem hábitos e costumes totalmente diferentes, e por isso demandam de ações de marketing igualmente diferentes. Neste artigo você vai saber mais sobre marketing e a geração y, como aplicar novas ações e obter sucesso nas campanhas de marketing para este publico.

Assim ocorreu com a geração x, ou os baby boomers, como são conhecidos, e mais recentemente com a geração y, ou Millennials, como também são chamados. É fato que eles têm grande influência sobre o mercado. E isso gera um grande desafio para as empresas, que é adaptar o marketing a geração y.

Quem é a geração Y?

A geração conhecida como a geração do milênio ou da internet. Fazem parte da geração Y todas as pessoas que nasceram entre o período de 1980 ao começo dos anos 2000. A grande marca desta geração é o fato de crescerem acompanhando os avanços tecnológicos, sendo muitas vezes dependentes da internet e das plataformas digitais. Outra característica da geração Y é estarem sempre em busca de inovações de todos os tipos.
A vida dinâmica, muitas vezes até instável, é a principal característica das pessoas pertencentes dessa geração no mercado do trabalho. É comum os millennials estarem sempre à procura de novos desafios, o que as vezes faz com que eles troquem muito de emprego. Mas…como essa geração influencia o consumo?
A geração Y já é a que mais cria novas tendências em todo o mercado.

Os millennials já são quase a maioria, e é inegável que os hábitos de consumo desta geração quebram uma série de paradigmas do mercado. Um dos itens que mais influencia esta mudança nos hábitos de consumo são os meios de comunicação. E

isso se dá devido ao fato de eles crescerem com a tecnologia presente em todos os lugares, diferentemente da geração X, que foram influenciados pelos meios de massa.
E são esses meios de comunicação que transforma o consumo, pois esses meios permitem que eles acessem qualquer tipo de informação, além de proporcionar uma grande liberdade de comunicação, sobre qualquer tema. Tendo como principal meio de comunicação a internet, a geração y tem total liberdade para pesquisar sobre qualquer tema na rede, o que faz com que eles tenham acesso a muito mais coisas, e isso acaba impactando no mercado, pois eles conseguem se informar muito mais sobre produtos, serviços, empresas etc.

marketing-e-a-geracao-y

 

O marketing e a geração Y

Se os hábitos de consumo da geração y se diferem dos demais, é natural que as ações de marketing também sejam desenvolvidas de forma diferenciada, procurando sempre se adaptar as novas tendências. Uma pesquisa feita pela Edelman mostra alguns números sobre a geração y e marketing. Confira: 74% dos entrevistados acreditam que podem influenciar na decisão de compra de outras pessoas, e outros 78% querem ter marcas como parceiras em novas experiências de vida.

Ou seja, é necessário que as empresas compreendam esta geração para produzirem ações de marketing de qualidade. Neste contexto, o marketing de conteúdo se mostra fundamental!
Investir em campanhas de marketing interativo, compreender os Millennials, e produzir algo que gere uma ótima experiência para eles são algumas das ações que você deve fazer para conquistar esta geração.

 

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

Marketing no Instagram, como fazer corretamente?

marketing-no-instagram

O marketing no Instagram é uma forma de divulgar determinados produtos ou empresa de uma forma que sejam criadas estratégias chamativas e que elas sejam inseridas neste aplicativo. Desta forma, a maior quantidade de pessoas possa visualizá-las e assim, construir contextos em que seja possível se pensar em compras através do Instagram.
Para que esta ferramenta possa ser utilizada da melhor forma possível, são possíveis algumas estratégias, que facilitam todo o processo de construção do marketing no Instagram. Assim, com estas opções, fica mais fácil para qualquer pessoa entender a rede social e o que ela pode proporcionar no ramo das vendas, independente se a pessoa tem ou não domínio da mesma. Com um público diferente do Facebooko Instagram pode impulsionar suas vendas!

O que se precisa sabe para trabalhar com o marketing no Instagram?

Preparar o perfil para que ele fique o mais específico possível e assim seja visitado por quem procura o determinado produto é uma das possibilidades de se iniciar suas vendas com a rede Instagram. Assim, inserindo um perfil bem detalhado, as possibilidades de se encontrar facilmente a marca na rede social, torna tudo mais fácil.
No Instagram há também a possibilidade de deixar determinado se todos os participantes da rede terão acesso ao conteúdo ou apenas alguns, os que seguirem o perfil da empresa. Se o perfil selecionar a visita apenas privada, ou seja, de quem segue este perfil, é possível adquirir um número maior de seguidores e assim, conseguir maiores resultados nas vendas. Estas transações algumas vezes não ocorrem por esta rede, ela só serve para divulgar e acontece fora da plataforma. No Instagram é possível adicionar, por exemplo, número de telefone para contato ou endereço do site para efetivar a compra.

marketing no instagram

 

Como realizar o marketing no Instagram de forma inteligente?

Fazer com que os seguidores participem e acessem a página da empresa com promoções ou bônus, se o fizerem, é outra estratégia que pode auxiliar diversas pessoas que desejam utilizar a rede como meio de vendas. Isso porque, ao acessar em um determinado dia e observar que a empresa divulga estas promoções, possivelmente sempre que se precisar de um produto parecido com este, a empresa procurada será exatamente essa, que não usa o meio só para divulgar, mas também para oferecer vantagens.
Curtir fotos de seguidores é outra estratégia bem comum e que traz resultados.

Isso porque, ao curtir e comentar fotos de outras pessoas há um vínculo que começa a ser criado, já que as pessoas têm acesso a quem curtem suas publicações e tendem a acessar o conteúdo desta para curtir também. Dessa forma, seu negócio será visto por diversas pessoas e então, as vendas podem passar a ser procuradas com mais frequência. Mostrar que você é um usuário e que acessa e responde com rapidez todas as mensagens recebidas também é um ponto muito positivo neste processo.

Ninguém manda uma mensagem por manda, sem esperar uma resposta e no caso do marketing no instagram não é diferente, quando mais ágil a comunicação, mais eficaz tende a ser o processo.
Inserir vídeos com o conteúdo que seria passado através da escrita é outra possibilidade quando o intuito está em chamar a atenção. Os vídeos proporcionam uma ideia diferenciada em relação as novas tecnologias, já que são eles que proporcionarão uma visão diferenciada do que está sendo passado. Muita gente opta por eles justamente porque facilita o processo para o cliente, que tem todo o acesso resumido naquele tempo determinado.

Hashtags: o que é e como usar de forma correta?

As hashtags, muito conhecidas no mundo do instagram, servem basicamente para passar a ideia de palavras em comum com relação a determinado tema. Elas servem basicamente para descrever um momento e os itens que aparecem na foto que está representando esta situação. Se for postada uma foto de uma praia, no final de semana, as opções de hashtags seriam: #praia #finaldesemana #muito sol.
Com relação a utilização destes termos para a venda de produtos, é possível que se criem as hashtags para localizar determinadas páginas que serão automaticamente marcadas no produto e então, terão acesso a ele automaticamente clicando na atualização. Porém, uma quantidade muito grande de hashtags pode causar uma poluição visual em seu material, que pode vir a prejudicar vários leitores, possíveis clientes.
Portanto, é necessário dosar a sua utilização, porém fazê-la como forma de chamariz para outras páginas do instagram, assim outras instituições ou determinadas pessoas terão este acesso e conseguirão visualizar o marketing de conteúdo publicado.

Inbound marketing, o que é e como utilizá-lo em sua empresa

inbound marketing

O inbound marketing é o chamado novo marketing e consiste em trabalhar com estratégia de fidelização dos consumidores para que eles se tornem ativos da empresa. A nomenclatura de novo marketing se refere ao fato de fazer uma contraposição ao chamado velho marketing que consiste em apenas tentar empurrar os produtos/serviços para o seu consumidor.

A ideia do inbound marketing é que as pessoas do interesse da empresa possam estabelecer um diálogo com a mesma e assim se manter próximas a ela. Uma das bases desse chamado novo marketing é a produção de conteúdo com qualidade para estabelecer laços com o consumidor. Saiba agora como utilizar as estratégias do novo marketing para os seus clientes.

O que é e como usar estratégias de inbound marketing

  • O que é inbound marketing?

Trata-se de um compilado de estratégias de marketing que visa atrair a atenção do público-alvo para que ele se mantenha interessado. Não se procura apenas vender por vender e sim estabelecer uma relação de diálogo. O mais importante para esse tipo de marketing é que a sua empresa possa ser encontrada em diferentes meios digitais.

 

inbound-marketing

 

  • Produção de conteúdo

A principal estratégia do inbound marketing é a produção de conteúdo para fidelizar os clientes através da criação de interesse. Esta é uma ferramenta mais conhecida como marketing de conteúdo!

O principal objetivo é atrair a atenção do seu público-alvo de tal forma que ele entenda a sua empresa como a melhor do seu setor. Porém, vale a pena dizer que nesse caso é essencial prezar pela qualidade. Lembre-se que um conteúdo que não satisfizer as necessidades do seu público não irá manter a atenção dele por muito tempo e pode ser que procure o seu concorrente.

  • Estratégias de mídias sociais

Para obter sucesso diante do seu público de interesse é necessário que sejam adotadas algumas estratégias de mídias sociais, pois de nada adianta produzir um conteúdo de qualidade se ele não chegará ao seu alvo, não é mesmo? Usar softwares de monitoramento de visitas as suas páginas é essencial para saber quem e porque está visitando a sua página. Determinar quem está sendo atingido pelo seu conteúdo é interessante para saber se o público que você determinou como alvo é o certo ou se tem algum outro público que ainda não tinha sido visado.

  • SEO

O uso de palavras-chave e outras estratégias de otimização de páginas é essencial para quem deseja colocar o seu conteúdo em primeiro lugar nas buscas dos principais sites como o Google, por exemplo. Usar técnicas de SEO faz toda a diferença para quem deseja alcançar os primeiros lugares nas buscas e também quer posicionar o seu conteúdo corretamente para o seu público de interesse.

Conhecendo as etapas do inbound marketing

Para entender o funcionamento e aplicação do inbound marketing conheça a sua metodologia em etapas:

– Primeira etapa – Prospecção

Nessa fase é necessário trabalhar com a ideia de atração do público-alvo de seu interesse. Observe que nessa fase se busca chamar a atenção de uma grande variedade de pessoas sem ter a certeza de que se tornarão clientes fidelizados.

– Segunda etapa – Conversão

Esse é o momento em que se tentará transformar os visitantes eventuais em leads, isto é, em consumidores fiéis. Criar mecanismos de coleta de dados como formulários com e-mails e dados pessoais é essencial para conseguir estabelecer algum tipo de contato mais íntimo.

– Terceira etapa – Transformação de lead em cliente

É a fase em que o lead que é apenas um interessado será convertido em cliente efetivamente. Isso quer dizer que a sua empresa deve empregar estratégias em que o lead se sinta realmente conquistado a fechar negócio. Pode ser o estabelecimento de uma promoção ou alguma ação realizada através de automação de marketing.

– Quarta etapa – Fidelização

Essa etapa é o que diferencia essencialmente o inbound marketing do antigo marketing, pois demonstra que é importante fazer com que o cliente se sinta encantado de tal maneira que volte a realizar novas compras. Encantar o seu cliente faz toda a diferença no que diz respeito ao sucesso da sua empresa.

Use as ferramentas do marketing digital

Hoje em dia quem não está online não é lembrado e isso vale também para quem tem sua atuação essencialmente em lojas físicas. Então conheça mais das ferramentas digitais e comece a usá-las em seu dia a dia.

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]

A importância do marketing digital para a sua empresa

Vivemos com toda certeza na era digital e os donos de empresas precisam atentar para a importância do marketing digital para obter melhores resultados junto aos seus clientes e potenciais clientes. Pare para pensar quantas vezes você usa as suas redes sociais por dia e como utiliza buscadores como o Google para obter respostas para todas as suas questões.

Da mesma forma que a internet faz parte da sua vida como um facilitador também faz parte do universo do seu público-alvo. Muitas pessoas guiam seu juízo de valor de uma empresa ou produto pelo o que está sendo falado sobre nas redes sociais e não pelo o que diz na publicidade feita pela empresa. Entender como usar as ferramentas digitais para conseguir uma aproximação assertiva e um bom posicionamento é fundamental.

Qual é a importância do marketing digital para a sua empresa?

  • Elogios a sua empresa online

Atender bem os seus clientes pessoalmente e também no ambiente digital é o caminho certo para ter bons comentários em suas redes sociais. O engajamento natural, isto é, o envio de comentários positivos nos perfis da empresa é essencial para que mais pessoas sejam influenciadas a adquirir os seus produtos ou serviços.

  • A internet pode ser cruel para a sua empresa

É importante ter foco na realização de um bom marketing digital para a sua empresa para evitar o oposto do efeito positivo destacado acima. Se uma pessoa fica insatisfeita com algum produto ou serviço encontra nas redes sociais a sua voz. O grande problema é que quando uma pessoa reclama numa página do Facebook ou em outra rede outras pessoas veem esses comentários e como não sabem da sua parte da história podem perder a confiança em sua empresa.

 

importância do marketing digital

 

Então observe que é necessário monitorar as redes sociais da sua empresa e também o que estão falando sobre ela com frequência. Somente assim você identificará quais são os pontos falhos da empresa e o que seus clientes pensar a respeito de como você trabalha. Ao identificar que algum cliente está se sentindo prejudicado é importante responder o mesmo da melhor forma possível. Jamais exclua comentários negativos, responda-os oferecendo uma solução pacífica.

  • Mais pessoas conhecerão sua empresa

Certamente que a raiz da importância do marketing digital para a sua empresa é o fato de conseguir que mais pessoas conheçam os seus produtos ou serviços. Para que as pessoas tenham interesse em seguir os perfis da sua empresa é essencial oferecer conteúdo de qualidade e que não foque somente em falar sobre preços e promoções. Dê informações úteis que atraiam as pessoas para as suas páginas.

  • Possibilidade de criar relacionamento com os seus clientes

O marketing digital criou uma possibilidade interessante que o chamado velho marketing não abria, ao invés de só empurrar os seus produtos nos clientes o vendedor pode estabelecer uma relação com eles. Criar um relacionamento com o cliente é importante para garantir que ele tenha vontade de comprar mais vezes. Muito melhor do que vender uma vez é vender sempre, não é mesmo?

O ambiente das redes sociais promove essas possibilidades, oferece canais abertos de diálogo e troca de conhecimentos. Aproveite para criar maneiras de fazer com que os seus potenciais clientes conheçam efetivamente os seus produtos através da realização de promoções ou mesmo da oferta de amostras grátis para aqueles que interagirem com a página. Você pode inclusive oferecer cupons de desconto para serem usados nas suas lojas físicas fazendo com que essas pessoas se desloquem até lá para conhecer.

  • Quem não é visto não é lembrado

Uma frase conhecida do marketing que pode ser atualizada da seguinte maneira: “quem não está online não é lembrado”. Mesmo que a sua empresa trabalhe essencialmente de forma presencial precisa estar na internet com um site e com redes sociais. Para grande parte das pessoas um site é um atestado de que a empresa tem boa influência no mercado. Além disso, é através da internet que as pessoas terão o primeiro contato com a sua empresa, nem que seja para procurar o endereço da sua loja física.

Não perca mais tempo

Se você uma empresa e esteve descuidando no marketing digital todo esse tempo não pode mais ficar parado. Fique atento para usar as ferramentas disponíveis a seu favor e construir sua imagem no mercado.

[contact-form-7 id=”98″ title=”Formulário de contato 1″]