Técnicas de endomarketing para usar em sua empresa!

Endomarketing é uma das mais novas áreas da gestão que procura adaptar estratégias e elementos do marketing tradicional. Normalmente utilizado por empresas para abordagens ao mercado para uso no ambiente interno das organizações. Por isso, as técnicas de endomarketing são fundamentais para qualquer empresa!

 

 

 

Quem nunca ouviu dizer que “antes de conseguir vender aos seus clientes um produto, as empresas precisam de convencer os seus funcionários a comprá-lo”?

Leia também:

Entenda o que é marketing de emboscada

5 dicas para ganhar mais com Google Adsense

 

O Endomarketing surge como elemento de ligação entre o cliente, o produto e o colaborador. E “vender” um produto, uma ideia, um posicionamento de marketing para o funcionário passa a ser tão importante quanto para o cliente.

Significa torná-lo aliado no negócio, responsável pelo sucesso da organização e igualmente preocupado com o seu desempenho. Os principais objetivos do endomarketing são:

  • Dar agilidade e facilitar todo o processo de comunicação, troca e compartilhamento de informações para construir um relacionamento aberto com o público interno. Com isso, tornando claros e transparentes os objetivos da organização, alinhando e consolidando as relações entre as lideranças do negócio e os funcionários, assim como entre departamentos e áreas da empresa.

 

Técnicas de endomarketing, por que usar em sua empresa?

 

O termo endomarketing foi criado pelo professor e consultor brasileiro Saul Faingaus Bekin. Este, foi o precursor no uso desse conceito no sentido de marketing voltado para dentro: uma ação interna da empresa que visa manter os funcionários bem informados e integrados.

 

 

 

Muitos também chamam o endomarketing de marketing interno. Como Kotler, que diz: “As técnicas de marketing interno devem preceder o marketing externo”.

Bases das técnicas de endomarketing

 

A relação entre funcionário e empresa está cada vez mais buscando alternativas para a satisfação em atingir objetivos e metas, procurando um relacionamento produtivo, saudável e duradouro. Promovendo assim um ambiente de confiança, transparência e de boa comunicação. O endomarketing está diretamente ligado ao novo conceito de administração estratégica.

Para um processo de Endomarketing correr bem, o administrador tem como maior preocupação promover diversas formas de motivação, satisfação e participação no ambiente de trabalho. Tudo isso, com a finalidade de fazer com que os colaboradores adaptem-se à cultura organizacional.

Isso vai fazer com que eles atinjam seus objetivos, por isso a comunicação se torna algo indispensável na empresa.

 

Nunca é demais lembrar que uma empresa são as pessoas que trabalham nela. Por isso, ao investir em ações  e técnicas de endomarketing, você investe nos seus colaboradores. Investe nas relações que tem com eles, demonstra que leva o dialogo a sério.

Com isso, o colaborador entende que está preocupado com o ambiente de trabalho, com as tarefas realizadas, com o compartilhamento de conquistas. Enfim, você demonstra que se importa e assim fica mais fácil estimular seus colaboradores a fortalecerem os laços com sua empresa, e se engajarem.

Para atender bem o cliente a empresa precisa primeiro atender bem a equipe. Internalizar o conceito de “cliente” nos processos da empresa é fundamental. Isso, para se conseguir a melhora na qualidade dos serviços e produtos oferecidos ao mercado. Através do aumento da produtividade pessoal de cada funcionário e dos processos internos como um todo.

 

Técnicas de endomarketing para você usar

 

Como todo tipo de marketing é necessário que haja um planejamento de iniciativas. Isso, para delimitar objetivos a serem alcançados para que não se perca o foco. A sugestão inicial é que se inicie com um diagnostico da condições internas da organização. Detectar pontos de melhoria, pois é a partir  desta analise que objetivos da estratégia podem ser traçados com maior segurança e eficiência.

Após a realização da pesquisa e compilação de dados, é hora de analisar essas informações e elaborar um plano de ação. Em seguida, defina estratégias que podem ir desde programas motivacionais a treinamentos e mudanças de setor.

Podem ser incluídos no “pacote” benefícios como flexibilidade de horário, convênios com estabelecimentos e academias, prêmios e programas de reconhecimento, entre outras opções. O segredo é identificar o que falta para estimular o engajamento do funcionário e oferecer dentro das possibilidades da empresa. Isso vai fidelizá-lo, assim como é feito com clientes.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *